29/4 SEGUNDA AUDIÊNCIA NO
TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO
• O Sincomerciários não abre mão do reajuste retroativo à nossa data base (setembro/18), o que o sindicato patronal quer excluir;
• O Sincomerciários não aceita a criação de cargos de confiança para trabalhadores em geral, o que extingue o pagamento de hora extra, possibilita jornada flexível e trabalho aos domingos e feriados sem que o empregado receba nada a mais por isso;
• O Sincomerciários não aceita a imposição do sindicato patronal de trabalho em ambiente insalubre, o que prejudica a saúde dos trabalhadores (principalmente os de supermercados);
• O Sincomerciários não aceita o fim do limite de horas extras proposto pelo sindicato patronal;
• O Sincomerciários não aceita a redução de dias abonados em caso de nascimento de filho.